Conheça a História da ADESG no Espírito Santo


     No início do ano de 1970, o Tenente Coronel de Infantaria Venício Alves da Cunha, então comandante do 3º BC - Batalhão de Caçadores (atual 38º Batalhão de Infantaria - Batalhão Tibúrcio) localizado em Vila Velha, recebeu a missão de organizar e implantar a DELEGACIA DA ADESG no Espírito Santo.

     O Tenente Coronel Venício (turma ESG 1967) iniciou os primeiros contatos com as autoridades e membros significativos da sociedade capixaba, logo nos primeiros meses do ano de 1970, solicitando a todos o apoio necessário para a criação da Associação, como também a indicação de candidatos para freqüentarem o Ciclo de Estudos Sobre Segurança Nacional e Desenvolvimento.

     No mês de junho daquele ano, o Tenente Coronel Venício, 1º Delegado da ADESG/ES, convidou a sociedade espírito-santense para prestigiar a cerimônia de instalação neste Estado da Delegacia da Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra, no dia 29 de junho de 1970. Ao evento compareceram inúmeras autoridades e ilustres convidados selecionados para freqüentarem o 1º CEPE.

     O 1º Ciclo de Estudos teve início no mês de junho de 1970 com a participação de 115 integrantes, com pleno sucesso e serviu de motivação aos Ciclos que se seguiram.

     Devido à passagem de comando do 3º BC logo no início do ano de 1971, o Tenente Coronel Venício Alves da Cunha, transmitiu o cargo de Delegado da ADESG/ES no dia 02 de fevereiro de 1971 ao Professor Altayr Moraes (turma ESG 1965), 2º Delegado da nossa Associação e que permaneceu no cargo até fevereiro de 1982.

     Durante esse período, a sede da Delegacia, localizada no 2º andar do Edifício Fábio Ruschi, no Centro de Vitória testemunhou a realização dos CEPES de 1971, 1972, 1973, 1975, 1976, 1977 e 1979, os quais foram pujantes e atrativos e, sobretudo, contou com a participação de Estagiários de grande prestígio, e que hoje em dia ocupam lugares de destaque na sociedade capixaba e até mesmo conhecidos nacionalmente e internacionalmente.

     Em fevereiro de 1982 o Professor Altayr foi substituído pelo Professor Alberto Monteiro (turma ADESG 1970 e ESG 1972) que se tornou o 3º Delegado da ADESG/ES. Vivíamos neste período, dias difíceis em nosso país, e em conseqüência disso havia muito radicalismo político.

     O Governador recém eleito no ano de 1986, que havia sido barrado em sua pretensão de realizar o CEPE da ADESG, por motivos ideológicos, ao assumir a função, baixou um decreto lei, determinando a imediata desocupação da sede da ADESG no Edifício Fábio Ruschi, que a essa altura dos acontecimentos havia passado da administração da Companhia Vale do Rio Doce – CVRD, para o Governo do Estado.

     O prazo exíguo para cumprimento da ordem, provocou um problema seríssimo para nossa Associação, vez que não tínhamos para onde ir. Desse modo muitos móveis, arquivos, livros e documentos se perderam, causando uma falta quase irreparável de nossa memória histórica. O acervo da ADESG foi salvo por um militar, Adesguiano, Cap Aloysio Geraldo Tavares da Silva (turma ADESG 1979), que recolheu o material em um depósito do referido edifício, até que fosse possível alugar uma sala para ser a nova sede. Devido a problemas de saúde do Professor Alberto, o Capitão Aloysio, assumiu o cargo interinamente de Delegado no período de outubro de 1987 a fevereiro de 1988.

     Durante a gestão do Professor Alberto Monteiro foram realizados também com sucesso os Ciclos de 1982 e 1986 em Vitória, 1985 em Cachoeiro de Itapemirim.

     E fevereiro de 1988, o Capitão Aloysio Geraldo Tavares da Silva passou as funções ao Médico, Dr. Arildo Benedicto dos Santos Abreu (turma ADESG 1971 e ESG 1981), 4º Delegado da ADESG/ES.

     O Dr. Arildo Abreu realizou uma gestão profícua de realizações, entre elas, destacamos o aluguel de uma ampla sala localizada no Edifício Cima Center, na Rua Fortunato Ramos nº 30 – sala 116 no Bairro de Santa Lúcia; adquiriu mobiliário novo, computador, contratou funcionários e, sobretudo, restabeleceu a imagem e o prestígio da ADESG no Estado do Espírito Santo, e efetivou os Ciclos de 1990 e 1991 em Vitória.

     Foi, ainda na gestão do Dr. Arildo que ocorreu no ano de 1991, o segundo Ciclo, fora da Cidade de Vitória. O 1º CEPE de Colatina teve grande repercussão no norte do Estado e abriu caminho para que novos Ciclos acontecessem em outras cidades do norte do Estado do Espírito Santo.

     Por motivos de saúde, o Dr. Arildo teve de afastar-se da função e no mês de outubro de 1992, passou o cargo ao Economista Cyrillo Leopoldo Carvalho da Silva Neves (turma ESG 1981).

     O Dr. Cyrilo, 5º Delegado da ADESG/ES, envidou os seus melhores esforços para manter o alto nível de funcionamento da Associação que recebeu do seu antecessor. Todavia a sorte foi mais uma vez madastra para a ADESG/ES, e por razões de trabalho, o Dr. Cyrilo foi transferido para o interior do Espírito Santo no início de 1993. Antes de sair convidou e indicou o Gen Bda Paulo Batista Lima (turma ESG 1991) que acabara de passar para a reserva, e resolveu vir residir em Vitória para ser Delegado da ADESG/ES.

     Embora recém chegado e conhecendo pouco o Estado e a sociedade capixaba, o Gen Batista sensibilizou-se com as razões apresentadas pelo Dr. Cyrilo aceitou a função, tornando-se o 6º Delegado da ADESG/ES.

     O General Batista teve a difícil missão de soerguer economicamente a nossa Associação. Contando com uma Diretoria de abnegados Diretores, tornou possível a realização dos Ciclos de Estudos em Vitória 1993, 1994 e 1995; Cachoeiro de Itapemirim em 1993; Colatina em 1993 e Linhares nos anos de 1994 e 1995, e participou da V Convenção Nacional da ADESG em Manaus, capital do Estado do Amazonas.

     Ao final de 1995, nova ameaça para a ADESG/ES de perder sua sede, a qual era alugada do Fundo de Pensões da Assembléia Legislativa Estadual, que por sua vez resolvera vender todo o prédio. Foi premido pelas circunstâncias que o General Batista, auxiliado por seus Diretores, realizou a mais importante obra de sua gestão, que foi a aquisição de duas salas no Edifício Star Center, na Rua Milton Manoel dos Santos nº 465, salas 204 e 205, no Bairro de Jardim Camburi, em Vitória.

     Por considerar que a renovação das administrações em Associações são sempre benfazejas e atendendo de certa forma o desejo legítimo dos Adesguianos formados em nossos CEPES de ter a chance de tornar-se também um Delegado, o General Batista, esforçou-se junto a ADESG Nacional e seu Presidente no sentido de permitir a nomeação do Dr. Levy Pereira de Menezes (turma ADESG 1991).

     O General Hermano Lomba Santoro, então Presidente da ADESG/AN, autorizou a substituição em caráter excepcional. Desse modo em fevereiro de 1996, o General Batista deixou o cargo, e o Dr. Levy Pereira de Menezes tornou-se o 7º Delegado da ADESG/ES.

     O Dr. Levy teve três anos de operante gestão, quando teve oportunidade de conduzir os CEPES nas cidades de Vitória em 1996 e 1997; São Mateus em 1996.

     Representou a Delegacia do Espírito Santo nas Convenções Nacionais de São Paulo no Estado de mesmo nome e em Salvador no Estado da Bahia. Deu início ao processo do futuro convênio ADESG/ES e UFES – Universidade Federal do Espírito Santo, que permitirá a realização dos CEPES com reconhecimento do nível de pós-graduação.

     O Dr. Levy premido pela conjuntura desfavorável dos anos de 1997 e 1998 e percebendo um certo desânimo por parte de sua Diretoria, atropelado ainda pela falta de recursos, resolveu levar o problema ao Presidente da ADESG/AN. Este por sua vez, sentindo o desgaste do Delegado, resolveu convidar o General Batista para retornar a função, e assim dar um alívio às preocupações do Dr. Levy.

     No dia 1º de fevereiro de 1999 o Gen Bda Paulo Batista Lima assumiu pela segunda vez a Delegacia do Espírito Santo, tornando-se o 8º Delegado desde a fundação da ADESG/ES. Durante o período de cinco anos em sua segunda gestão, o Gen Batista realizou mais dois CEPES em Vitória em 1999 e 2000; Linhares em 1999, 2000, 2002 e 2003 e em Vila Velha, 2001, 2002 e 2003.

     Em 2000 foi planejada e executada uma grandiosa comemoração dos 30 anos de instalação da Delegacia da ADESG no Espírito Santo.

     Durante o mês de Setembro de 2003 participou ativamente da IX Convenção Nacional da ADESG em Brasília.

     Por considerar que já havia dado uma boa contribuição a nossa ADESG e acreditar que é benfazeja a renovação, solicitou a sua exoneração do cargo ao Presidente da ADESG/AN e indicou seu substituto.

     Em 24 de março de 2004, assumiu o cargo de Delegado da ADESG/ES o Administrador Ricardo Antonio Montoito Bergmann (turma ADESG 1986), tornando-se o 9º Delegado desde a fundação desta Delegacia.

     Em 2004 foi realizado CEPE em Vitória e nos anos de 2005 e 2006 foram realizados CEPES em Vila Velha.

     Por ocasião da comemoração dos 34 anos de instalação da ADESG no Estado do Espírito Santo, foi lançado oficialmente o “Site da ADESG ES”, instrumento importante de comunicação e divulgação das atividades da Delegacia.

     Durante a festa de confraternização dos Adesguianos em comemoração aos 35 anos, foi lançado pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos carimbo comemorativo à data.

     Nos anos de 2007, 2008 e 2009 os CEPEs foram realizados em Vitória, totalizando em todo o Estado, 2395 Adesguianos que participaram dos trinta e nove cursos já realizados.

     Em 31 de março de 2009 o Deputado Elcio Álvares, Presidente da Assembléia Legislativa do Estado do Espírito Santo promulgou a Lei nº 9.125 que institui o dia 7 do mês de dezembro como “Dia Estadual do Adesguiano”, publicada no Diário Oficial dos Poderes do Estado no dia 02 de abril do mesmo ano. O projeto de lei foi encaminhado à mesa, pelo Deputado Estadual Robson Vaillant.

     No mês de outubro de 2009 foi realizada, no Rio de Janeiro, a Xa Convenção Nacional da ADESG, no Clube da Aeronáutica, com a abertura feita pelo Ministro da Defesa Dr. Nelson Jobim, apresentando aos presentes o Plano Estratégico de Defesa Nacional. Participaram da Convenção o Delegado Bergmann e a Diretora de Ação Comunitária Professora Ana Luiza M. Bergmann.